A questão sobre quem inventou a Bitcoin permanece um tema de muito debate e controvérsia. A resposta padrão é que a Bitcoin foi criada por “Satoshi Nakamoto.” Satoshi Nakamoto foi o nome que apareceu no relatório de 2008 que lançou a Bitcoin: “Bitcoin: Um Sistema de Dinheiro Eletrónico Peer-to-Peer”.

Mas, infelizmente, isto não é a resposta para a pergunta. Este nome com raízes japonesas foi apenas um pseudónimo que os criadores originais da moeda utilizaram para esconderem as suas verdadeiras identidades. Ainda não sabemos quem são ao certo.

Aquilo que é incrível é o quanto os criadores da Bitcoin valem. No pico da moeda, em dezembro de 2017, quando os preços atingiram brevemente quase 20 000 $ por moeda, o criador (quer um indivíduo ou um grupo) tinha um valor líquido de mais de 19 biliões de dólares, tornando-o na 44ª pessoa (ou pessoas) mais rica na altura.

Durante os primeiros seis anos de existência da Bitcoin, ninguém tinha qualquer informação credível sobre quem seria Satoshi Nakamoto. Tudo o que tínhamos eram mexericos e rumores, mas não havia quaisquer factos verificáveis.

Posteriormente, em 2016, o investidor e tecnologista australiano Craig Wright criou uma grande agitação ao afirmar que ele era o inventor da criptomoeda e que a tinha configurado para as pessoas realizarem transações transfronteiriças sem terem de passar pelo sistema bancário internacional. Wright apoiou a sua reivindicação aos demais parceiros da comunidade Bitcoin aquilo que afirmava ser a primeira transação de Bitcoins: dez Bitcoins enviadas para o seu amigo Hal Finney em janeiro de 2009.

Porque é que o criador da Bitcoin iria sair do anonimato e revelar subitamente a sua identidade?

As notícias pegaram na história e deixaram-se embalar pela mesma, com alguns órgãos de comunicação a afirmarem que o mistério tinha finalmente sido resolvido. Mas tal como em muitas outras circunstâncias, não foi assim tão simples. Embora algumas pessoas na comunidade tivessem acreditado na história de Wright e aceitassem as provas apresentadas, outros ficaram mais céticos e procuraram pelas lacunas nessas mesmas provas. Porque é que o criador da Bitcoin apareceria subitamente e revelar-se-ia?

Wright afirmou inicialmente que o motivo pelo qual se tinha revelado era porque queria que a comunidade conseguisse ver o trabalho que estava a realizar nos bastidores da Bitcoin. Numa carta aberta aos titulares de Bitcoins, Wright disse que estava a tentar distanciar-se do pseudónimo Satoshi Nakamoto há já algum tempo e de que estava disposto a desempenhar um papel mais proeminente no desenvolvimento e no futuro da Bitcoin.

Infelizmente, desde essa revelação, Wright não teve muito tempo para trabalhar na sua moeda. Ele tem estado envolvido numa série de batalhas judiciais, tanto como réu e queixoso. As coisas ficaram feias para Wright na conferência de criptomoedas do ano passado em Seoul, quando Vitalik Buterin, um dos criadores da moeda rival Ether, disse que Wright era uma fraude e que poderia prova-lo.

Wright VS. Buterin

Wright, compreensivelmente, não ficou nada satisfeito com a afirmação, especialmente por vir de uma pessoa tão consagrada na comunidade das criptomoedas e decidiu contractar, apresentando um processo por difamação contra Buterin.

Wright também era arguido num processo judicial que envolvia o antigo parceiro de negócios e agora falecido Dave Kleiman, o qual afirmou antes da sua morte, em abril de 2013, que Wright lhe tinha roubado dinheiro.

Se Wright é de facto o fundador da Bitcoin e tem uma carteira com mais de um milhão de unidades, ele não deve ter quaisquer problemas em financiar as suas batalhas judiciais. Além disso, os procedimentos judiciais podem revelar que Wright foi a primeira pessoa a transacionar Bitcoins e, inclusive, que foi ele que escreveu o artigo original sobre como a moeda iria funcionar.

Se Wright não for o inventor da Bitcoin, ele ficará para a história como um dos maiores vilões da era moderna, pelo menos aos olhos daqueles que se opõem à difamação e ao sequestro da persona de Satoshi Nakamoto. O verdadeiro inventor da Bitcoin, aos olhos de muitos, não poderia ser um homem que utiliza o poder do estado para esmagar os seus inimigos. Todo o propósito do projeto Bitcoin era, aos seus olhos, minar o estrangulamento do governo na economia e dar às pessoas normais uma verdadeira oportunidade de usufruírem de liberdade económica genuína. A Bitcoin foi um presente que permitiria finalmente que a pessoa normal escapasse do pesadelo da moeda fiduciária.

Muitas pessoas de elevada reputação e de confiança falaram abertamente dizendo que sabem quem é o inventor da Bitcoin e que esse não é Craig Wright - John McAfee, por exemplo. Interessantemente, John McAfee tem mais do que dinheiro suficiente e não tem medo de ser processado.

Rate this article:
Author: Tokens.net Team
English
Deutsch
Italiano
Français
Español
Nederlands
Polski
Svenska
Português
Türkçe